Guia da Gravidez
Uma frequência elevada
PUBLICIDADE

Dado que o abortamento constitui um mecanismo natural pelo qual se eliminam numerosos embriões e fetos defeituosos, a sua frequência é muito elevada: calcula-se que entre 25 e 40 por cento de todas as gestações interrompem-se espontaneamente, a maioria no seu início, sem que nem sequer se tenha chegado a diagnosticar e passando como simples atrasos menstruais. Se se considera as gestações que foram diagnosticadas, a frequência do abortamento espontâneo é muito menor, ainda que significativa: situa-se à volta dos 10 por cento do total e mais de 80 por cento ocorrem durante o primeiro trimestre, após o qual a incidência diminui de forma notável.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Uma frequência elevada ~