Guia da Gravidez
Tratamento da esterilidade masculina
PUBLICIDADE

Em certas ocasiões é bastante útil a administração de produtos hormonais para estimular a produção de espermatozóides quando se verifica uma concentração pobre destas células no seminograma. No entanto, esta terapia não é eficaz para solucionar os casos nos quais os espermatozóides são defeituosos ou tem escassa mobilidade. Desta forma, recorre-se a um tratamento farmacológico para tratar as infecções e os processos inflamatórios dos testículos e das vias se-minais, mediante antibióticos e anti-inflamatórios. Outros transtornos corrigem-se graças a um tratamento cirúrgico. Assim, a cirurgia é útil no caso de varicocele, já que a ligadura da veia espermática dilatada evita o excesso de calor na zona responsável por uma diminuição da produção de espermatozóides por parte dos testículos. Quando existe um estreitamento dos canais que transportam os espermatozóides para o exterior, as modernas técnicas de microcirurgia podem restabelecer a permeabilidade destes canais, ainda que os resultados de intervenções tão delicadas sejam inconstantes.

Se o espermograma evidencia uma escassa concentração de espermatozóides, os tratamentos hormonais podem estimular a produção destas células nos testículos.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Tratamento da esterilidade masculina ~