Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Nos casos leves ou moderados, a situação costuma ser controlada com a adopção de medidas dietéticas destinadas ao favorecimento da alimentação pela via oral e, eventualmente, com a administração de medicamentos anticméticos (contra vómitos) e sedativos que não sejam contra-indicados durante a gestação, aos quais costuma juntar-se um apoio psicoterapéutico quando se considera que na origem do transtorno estão envolvidos factores emocionais. Nos casos mais graves, quando os vómitos impossibilitam a alimentação pela via oral e se apresenta um quadro de desidratação, impõe-se o internamento hospitalar da paciente para proceder à administração de medicamentos antieméticos, líquidos e nutrientes pela via endovenosa, mediante
gota-a-gota, a fim de aliviar os incómodos e corrigir os desequilíbrios metabólicos. O tempo de hospitalização necessário varia de caso para caso, uma vez que a mulher deve permanecer internada até que a sua situação se normalize e possa alimentar-se pela via oral.

Se os vómitos provocam um grave estado de desidratação, o líquido pode ser administrado pela via intravenosa.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Tratamento ~