Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

O procedimento terapêutico que se adopta em cada caso depende do estado do feto e da mãe, pelo que só pode determinar-se depois de levar a cabo uma oportuna avaliação diagnostica. Quando o descolamento é limitado, se a hemorragia consequente é leve e o estado do feto é normal, pode adoptar-se uma atitude expectante, sobretudo se ainda faltam várias semanas para a data prevista do parto.

Em tal caso, indica-se à mãe repouso absoluto na cama e se a hemorragia parar pode esperar-se até o desencadeamento espontâneo do parto, efectuando controlos periódicos para avaliar regularmente a situação. No entanto, o mais habitual é que antes do diagnóstico de um descolamento prematuro da placenta se opte pela finalização imediata da gravidez, conduta que se impõe sempre que seja acompanhado de uma hemorragia grave ou se detectar um quadro de sofrimento fetal. Ainda que o parto possa desenvolver-se por via vaginal, geralmente costuma praticar-se uma cesariana para evitar maiores riscos tanto para a mãe como para o feto.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Procedimento terapêutico ~