Guia da Gravidez

Primeiros sintomas


Coincidindo com a falta do período, no início da gestação, costumam aparecer diversos sintomas provocados pelo aumento dos níveis das hormonas da gravidez que, associados a certas mudanças corporais, diagnosticam uma gravidez. Nem sempre aparecem todos, nem com a mesma intensidade, mas é importante tê-los em consideração, principalmente porque servem para despertar suspeitas de
que existe uma gravidez, quando a mulher não se apercebeu do atraso no período por ter habitualmente ciclos muito irregulares ou quando a implantação do ovo no útero provoca uma pequena hemorragia que se confunde com uma menstruação escassa. Nestas circunstâncias, as manifestações precoces da gravidez podem ser interpretadas como transtornos mais ou menos banais de outra ordem, o que pode atrasar o seu diagnóstico.

As hormonas da gravidez costumam exacerbar os sentidos e não é estranho que, sobretudo no início da gravidez, façam com que se intensifiquem algumas percepções. Por isso, é relativamente habitual que entre as primeiras manifestações da ...

Entre os sintomas mais frequentes no início da gravidez destacam-se as náuseas, por vezes acompanhadas de vómitos. Embora não apareçam sempre, é habitual que ocorram, pelo que na prática se podem considerar “normais”. As ...

A sensação de fadiga pouco habitual, que se denomina astenia, é um sintoma característico das primeiras semanas de gravidez, uma vez que, depois do primeiro trimestre, costuma reduzir-se gradualmente. Este cansaço inusitado surge como ...

• Náuseas, especialmente matinais, por vezes acompanhadas de vómitos. • Aumento da salivação. • Prisão de ventre. • Distensão abdominal e flatulência. • Aversão a certos cheiros e sabores. • Modificações do apetite (regra ...

As hormonas femininas que segregam os ovários e a incipiente placenta actuam rapidamente sobre os seios, cujo tamanho praticamente começa, de imediato, a aumentar, assim como a sua consistência. Para além disto, também é habitual que os ...

~ Primeiros sintomas ~