Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Uma vez que a blástula se implanta na parede uterina, a camada celular externa provoca uma erosão no endométrio em busca de vasos sanguíneos mais próximos. Estabelece-se, assim, uma comunicação entre a placenta incipiente e o sangue da mãe. Ao mesmo tempo, o conjunto de células que forma o embrioblasto sofre profundas transformações. Por um lado, forma-se um espaço que se enche de líquido, a cavidade amniótica, que progressivamente cresce e se reveste de uma membrana que constitui âmnios, a popular “bolsa de água”. Por outro lado, a cavidade cheia de líquido que já existia na blástula também se reveste de uma camada própria e transforma-se no saco vitelino. Desta forma, o embrioblasto fica convertido num disco colocado entre as duas cavidades, uma placa na qual se diferenciam logo três camadas ou bolsas blastodérmicas das quais derivam todas as estruturas corporais do novo ser: na bolsa mais interna, a endoderme, desenvolvem-se os órgãos dos aparelhos digestivo, respiratório e urinário; da bolsa intermédia, a mesoderme, surgem os ossos, o sistema circulatório e as glândulas sexuais; e da bolsa externa, a ectoderme, forma-se a pele, o sistema nervoso e os órgãos dos sentidos.

2 Comentários

Martha Nascimento

2013-06-10 14:06:26 Responder

Fez uma utra-sonografia endovaginal e na conclusão do medico foi gestação incipiente, o que significa? Eu fiquei muito nervosa e resolvi fazer o BETA mais deu negativo isso pode acontece de eu estar gravida e o beta da negativo. Aguardo uma resposta.

kely vargas

2013-06-12 19:02:04 Responder

gostaria de saber se gravidez faz comque os ovários cresçam????

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Primeiro Mês ~