Guia da Gravidez
O Médico Responde – A Perguntas e Respostas
PUBLICIDADE

Ouvi falar em métodos de estimulação da criança durante a gravidez. Funcionam mesmo?

Sabe-se que a audição, a visão o paladar e o tacto já estão presentes no feto: é possível uma reacção perante a luminosidade que recebe através do abdómen da mãe, perante a música, perante o sabor do líquido amniótico… Por isso, encontraram-se inúmeras formas para “entrar em contacto” com o bebé antes de nascer, tentando melhorar o seu bem-estar ou que desenvolva um “psiquismo” incipiente. Dar estímulos
musicais ou luminosos, falar-lhe com um determinado tom, massajar o ventre, técnicas sofrológicas… Os métodos são muito variados, o seu efeito, uma incógnita.

Uma amiga disse-me que se tiver relações sexuais durante a menstruação não fico grávida. É verdade?

A ovulação ocorre, na maioria das mulheres e com certa exactidão, catorze dias antes da menstruação. Dado que a vida do óvulo libertado nunca supera as setenta e duas horas, pode concluir-se que a possibilidade de engravidar durante a menstruação é mínima, mas nunca impossível.

Não percebo como é que apenas uma célula, o zigoto, se pode transformar numa enorme quantidade de células
diferentes…

Isso continua a ser um grande mistério ainda que saibamos que todas as “instruções” necessárias para que a célula resultante da união do óvulo com o espermatozóide origine um organismo estão contidas no código genético. As primeiras células derivadas do zigoto são pluripotenciais, ou seja, podem transformar-se num
qualquer tipo de célula do organismo. Quando alguma destas células se transforma num tipo definido, por exemplo, numa célula cutânea ou hepática, perde a sua potencialidade e as células que derivam da sua multiplicação terão as mesmas características, sem poder gerar células de outro tipo. Desta forma, as células embrionárias especializam-se e constituem diversos tecidos e órgãos do corpo, cada um com funções
específicas, apesar de todas as células disporem de uma mesma informação genética. Os mecanismos íntimos através dos quais se dão estas transformações não são, contudo, conhecidos, mas os cientistas estão mais perto de compreendê-los e inclusivamente podem obter de forma experimental tecidos diferentes a partir da criação de células fetais pluripotenciais.

Se na ovulação apenas é libertado um óvulo, como é possível ter gémeos?

Os gémeos podem surgir de duas circunstâncias distintas. Uma possibilidade consiste em, contrariamente ao que ocorre normalmente, que no mesmo ciclo sejam libertados do ovário dois ou mais óvulos e que estes sejam fecundados pelo mesmo número de espermatozóides. Nesse caso, geram-se gémeos falsos, cada um com uma dotação cromossómica particular, que terão uma parecença física semelhante à dos irmãos que nascem
de gravidezes diferentes. Outra possibilidade é que o ovo gerado na união de apenas um espermatozóide com um único óvulo se fragmente nas primeiras fases de evolução e que cada fragmento origine um embrião
diferente. Nesse caso geram-se gémeos iguais, com a mesma dotação cromossómica e uma surpreendente semelhança física.

Estou no segundo mês de gravidez e estou impaciente para sentir os primeiros movimentos do bebé. Quanto tempo terei de esperar?

Os primeiros movimentos espontâneos do feto surgem a partir da décima semana de gestação; no entanto, a mãe não os sente, porque é demasiado pequeno. Durante o terceiro mês o feto agita-se cada vez com mais força e os seus movimentos podem sentir-se nitidamente através da ecografia, mas a mãe, regra geral, tem de esperar até ao quarto mês para sentir os primeiros “pontapés” do bebé. A partir daí esses “pontapés” continuam a acontecer regularmente e a sua intensidade aumenta até ao sétimo mês, porque depois o feto já cresceu tanto que o espaço disponível é demasiado estreito para se movimentar como desejaria.

Uma amiga contou-me que. ao fazer-se a segunda ecografia de controlo, o médico mostrou-lhe no ecrã que o peito do seu filho se mexia como se estivesse a respirar. Penso que não deve ter percebido o que o médico lhe disse…

Embora pareça estranho, porque os pulmões do feto estão inundados de líquido amniótico, o feto tenta insistentemente a actividade respiratória antes do parto. )à desde o quarto mês de gravidez se pode ver que o tórax do feto se contrai e dilata sucessivamente, como se respirasse, e até em inúmeras ocasiões
podem verse movimentos mais bruscos que correspondem a ataques de soluços.

Há algum método natural para poder escolher o sexo do bebé?

Em teoria, existem as mesmas possibilidades de ter um menino ou uma menina, porque metade dos espermatozóides tem cromossoma X e a outra metade cromossoma Y. No entanto, diz-se que as probabilidades podem ir num e noutro sentido, de acordo com o momento do ciclo menstrual em que se realiza o coito. Segundo esta hipótese, se se praticar o coito um ou dois dias antes da ovulação os espermatozóides que contêm cromossoma Y, mais rápidos, mas menos resistentes do que os que têm cromossoma X, já não poderão fecundar quando se encontram com o óvulo e portanto haverá mais possibilidades de ter uma menina. Por outro lado, se se pratica o coito logo a seguir à ovulação, os espermatozóides com cromossoma Y chegam primeiro ao óvulo e terão mais probabilidades de o fecundar, dando origem a um menino. Claro que se trata de uma teoria e a sua realização não oferece garantias.

A minha irmã está no sétimo mês de gravidez e sofre de hemorragias vaginais que. segundo o médico, se devem ao facto de a placenta estar mal implantada. 0 que é que isto quer dizer?

Com toda a certeza trata-se de um caso de placenta previa, complicação que surge quando o ovo não se coloca na parte superior do órgão, como acontece normalmente, mas sim mais abaixo. Nesse caso, a placenta desenvolve-se na parte interior do útero, muito próxima ou até cobrindo o orifício que o feto deverá
atravessar para sair para o exterior num parto natural. A principal manifestação deste problema corresponde ao surgimento de hemorragias vaginais indolores no terceiro trimestre.

2 Comentários

silvana

2014-05-22 19:47:07 Responder

Gostaria de saber q mes exatamente q engravidei .minha filha nasceu 23 de janeiro eu mestruei em março e tive relação uma semana depois ai vem bem poquinho em abril e maio n veio mais.agora n sei o dia ceto q engrsvidei por favor mim tere essa duvida Obrigado silvana

Erika Flavia

2014-05-30 17:33:36 Responder

Estou hoje com oito semanas e cinco dias de gestacao,na minha primeira Us eu estava c sete semanas e só deu pra ver o saco gestacional e a visicula vitelina.Estou enjoando bastante e com muita saliva, estou com muita esperança que o meu bebe ta aqui,estou esperando uns dias para repetir minha Us.Quais as chances do embrião aparecer.

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ O Médico Responde – A Perguntas e Respostas ~