Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Mesmo que a implantação da placenta seja anómala desde o início da gestação, as manifestações só aparecem perto do final do segundo trimestre ou, o que e mais habitual, já no terceiro. O sinal característico corresponde a uma hemorragia vaginal súbita e sem dor, sem relação com nenhum factor desencadeante, que regra
geral tem tendência a repetir-se. A primeira hemorragia, de sangue fresco e com uma cor vermelha rutilante, não costuma ser abundante e normalmente termina de maneira espontânea.

As hemorragias seguintes podem ser limitadas como também abundantes, já que a intensidade dos sangramentos consequentes às roturas vasculares que ocasionam as deslocações da placenta com respeito à parede uterina é muito variável em cada caso. Se as hemorragias se repetem com frequência ou são abundantes, a mulher pode apresentar sinais de anemia tais como palidez, cansaço e palpitações. Raras vezes a placenta prévia não provoca manifestações até ao momento do parto, mas em tal caso apresentar-se-a uma . hemorragia vaginal desde o mesmo momento em que se inicie a dilatação do orifício uterino que marca o começo do processo.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Manifestações ~