Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Os hidratos de carbono, também chamados carbo-hidraros ou glícidos, são os nutrientes energéticos mais importantes, dado que constituem o “combustível” utilizado em todas as reacções metabólicas do organismo. De modo que se considera que o consumo de glícidos deve proporcionar perto da metade do contributo energético da alimentação quotidiana. Existem dois tipos fundamentais de hidratos de carbono cuja utilização é diferente: os hidratos de carbono simples, chamados açúcares, que se absorvem muito rapidamente no intestino e se utilizam de imediato, e outros complexos chamados polissacarídeos, que se absorvem mais lentamente e se utilizam de maneira gradual.

Estes nutrientes, nas suas formas diversas, estão presentes em quase todos os alimentos, mas principalmente nos de origem vegetal, seja em forma de açúcar nos produtos doces e nas frutas, ou em forma de polissacarídeos especialmente nos cereais e derivados, nos tubérculos e nos legumes. Em termos gerais, convém limitar o consumo de glícidos simples, principalmente o açúcar comum, mel e outros produtos doces, dado que fornecem muita energia de utilização imediata que, se não é gasta, se transforma em gordura, favorecendo o aumento de peso excessivo. Pelo contrário, convém consumir hidratos de carbono complexos contidos nos cereais, legumes e hortaliças, já que proporcionam outros nutrientes importantes na alimentação.

Os hidratos de carbono ou glícidos são considerados os nutrientes energéticos mais importantes e estão presentes em todos os alimentos, ainda que, principalmente, nos de origem vegetal.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Hidratos de carbono ~