Guia da Gravidez

Hidrânmios


O hidrâmnios corresponde a uma acumulação excessiva do líquido amniótico, contido na bolsa de águas, onde está imerso o feto. As suas repercussões dependem da magnitude do excesso de líquido, uma vez que nos casos leves ocasiona poucos sintomas e não tem consequências maiores, enquanto que, pelo contrário, nos casos mais graves pode alterar o decurso da gravidez, provocar um parto prematuro e ocasionar dificuldades no nascimento que inclusive chegam a colocar em perigo a
vida da mãe e do bebé. Felizmente, um correcto controlo da gravidez permite, na maior parte dos casos, detectar o problema a tempo e adoptar medidas oportunas
para reduzir os riscos das eventuais consequências.

Nos casos leves, se a acumulação de liquido amniótico não for excessiva e a mulher não sofrer de problemas maiores, não é necessário proceder a qualquer tratamento específico. No entanto, se a acumulação de líquido amniótico for ...

Se uma mulher grávida notar um brusco aumento do abdómen, deve ir imediatamente ao médico sem esperar a data da próxima consulta: se a causa for um hidrâmnios, convém diagnosticar o problema o mais rapidamente possível. Volume normal de ...

Nalguns casos o médico detecta o problema numa consulta de rotina, sem que a mulher se lenha apercebido disso, ao apreciar um crescimento excessivo do útero. Noutros casos é a própria mulher que suspeita de algo, porque sofre de sintomas ...

Nem a evolução nem as consequências são semelhantes em todos os casos. O mais normal é que ocorra de uma forma lenta e gradual no decurso de várias semanas, geralmente sem causar maiores incómodos durante bastante tempo. A medida que o ...

O hidrâmnios é uma complicação da gestação relativamente frequente, uma vez que em diversos estudos pôde verificar-se que existe uma acumulação excessiva de líquido amniótico à volta de um em cada 60 gestações que chegam ao fim. No ...

~ Hidrânmios ~