Guia da Gravidez

Hemorragias vaginais


Durante a gravidez, os ciclos menstruais interrompem-se e desde o princípio da gestação deixa de aparecer
a menstruação. Portanto, qualquer perda sanguínea pela vagina durante a gravidez deve ser considerada
urna hemorragia anormal, sinal de algum problema. Na realidade, são muito diversos os possíveis motivos
de uma hemorragia vaginal nesta época e nem todos têm o mesmo significado. Só numa reduzida
percentagem são hemorragias não obstétricas, causadas por patologias genitais sem relação directa com a
gestação ainda que se manifestem neste período. Muitíssimo mais frequentes são as hemorragias obstétricas, reflexo de alguma complicação da gestação, que se apresentam sobretudo no primeiro trimestre
e na última parte da gravidez.

A primeira medida que é costume indicar à mulher grávida que sofre uma hemorragia vaginal é o repouso, medida que se deve adoptar inclusivamente antes de se determinar a causa exacta da perda sanguínea, uma vez que é sempre benéfica. Uma ...

Muitas das patologias que podem ocasionar hemorragias vaginais fora da gravidez também o podem fazer no decorrer da gestação. De facto, cerca de 3 a 5 por cento das hemorragias vaginais que ocorrem durante a gravidez têm a sua origem em ...

O tratamento varia segundo a causa da hemorragia vaginal. Às vozes a situação resolve-se com a adopção de oportunas medidas terapêuticas, como quando ocorre com a ameaça de abortamento, cujo desenlace pode evitar-se com frequência. ...

Toda a hemorragia vaginal durante a gravidez requer o imediato diagnóstico da sua causa, para o qual costuma ser preciso realizar um exame físico geral e uma exploração obstétrica, bem como análises ao sangue e à urina e testes ...

As hemorragias vaginais do terceiro trimestre costumam estar relacionadas com problemas da placenta. Pode tratar-se da placenta prévia, situação que se costuma manifestar com uma perda súbita e indolor de sangue. Esta perda, que no principio ...

~ Hemorragias vaginais ~