Guia da Gravidez

Gravidez múltipla


Na espécie humana, o mais habitual é que no decurso de uma
gravidez haja a gestação de um feio; mas também é normal e
natural, ainda que muito menos frequente, que se desenvolvam
simultaneamente dois ou inclusive mais fetos; é nestas ocasiões
que se fala de gravidez múltipla.A gravidez múltipla não é, de forma alguma, excepcional e, como demonstram as estatísticas, tem uma frequência considerável: um em cada 80 partos dá lugar ao nascimento de duas crianças.

Ainda que o mais habitual seja que no ventre materno se desenvolva um só feto, as gravidezes múltiplas têm uma frequência considerável: acontecem naturalmente numa de cada 80 gestações. Na sua grande maioria trata-se de gravidezes duplas, ...

A gravidez múltipla pode produzir-se devido a dois mecanismos completamente diferentes. Em 75 por cento das ocasiões acontece que, no momento da ovulação, se libertam dois ou mais óvulos que são fecundados por diferentes espermatozóides., ...

A gravidez múltipla comporta maiores riscos do que a gravidez única, tanto para a mãe como para os filhos. Por isso, é extremamente importante que se diagnostique o quanto antes e que se efectue um controlo médico mais estrito do que o ...

Diversos sinais podem fazer suspeitar de uma gravidez múltipla, já que o desenvolvimento simultâneo de dois ou mais fetos comporta notórias repercussões no organismo materno. Por um lado, as hormonas da gravidez apresentam níveis ...

~ Gravidez múltipla ~