Guia da Gravidez

Formação do Embrião


Depois do maravilhoso fenómeno da fecundação natural, desencadeia-se um prodigioso processo denominado de segmentação, através do qual a partir de uma única célula que deriva directamente da fusão do espermatozóide com o óvulo – a célula-ovo ou zigoto se forma o embrião de um novo ser.

Todo este processo se desenvolve em seis ou sete dias, após os quais a célula segmentada vai colocar-se nas paredes do útero para que o embrião obtenha o alimento necessário ao seu desenvolvimento. Este delicado processo, denominado de nidação, é o que permitirá a geração de todos os órgãos do novo ser humano.

Após a fecundação, o futuro ser irá provavelmente enfrentar a semana mais delicada da sua existência. Durante a sua grande viagem até ao útero, esperam-no inúmeros perigos até que a gestação comece: basta que se depare com um ...

Enquanto termina a sua transformação, a blástula flutua livremente no interior da cavidade uterina durante dois ou três dias. Por volta de uma semana depois da fecundação, a blástula perde a camada externa e apoia-se no endométrio, a ...

As primeiras divisões do zigoto dão lugar a um processo denominado de segmentação, cujo resultado é a formação dos elementos que originam todas as estruturas do novo ser. Ao fim de trinta horas da concepção, a célula-ovo divide-se em ...

~ Formação do Embrião ~