PUBLICIDADE

A fibra que contêm, em maior ou menor proporção, os produtos vegetais é composta basicamente por celulose, um tipo de hidrato de carbono que o organismo humano é incapaz de digerir, que não se aproveita como nutriente energético. No entanto, o fornecimento de fibra vegetal é muito conveniente, dado que, ao não degradar-se e ser absorvida no intestino, forma uns resíduos que contribuem para potenciar a actividade e os movimentos do tubo digestivo. Por isso, principalmente porque ajuda a prevenir a típica obstipação desta época, é importante que a grávida não descuide o consumo de vegetais ricos em fibra, como legumes, cereais integrais, hortaliças e frutas.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Fibra vegetal ~