Guia da Gravidez

Esterilização masculina


A esterilização masculina é um método contraceptivo permanente e em princípio irreversível, que se realiza com uma simples intervenção cirúrgica, denominada de vasectomia, na qual se cortam os canais deferentes encarregues de transportar os espermatozóides produzidos nos testículos para o exterior. Depois da operação, apesar de o homem conservar a potência sexual e poder manter relações sexuais absolutamente normais, o sémen emitido nas ejaculações
não contém espermatozóides e perde por completo a capacidade fecundadora.

Em certas ocasiões é bastante útil a administração de produtos hormonais para estimular a produção de espermatozóides quando se verifica uma concentração pobre destas células no seminograma. No entanto, esta terapia não é eficaz ...

Algumas regras básicas A eficácia da vasectomia é de cem por cento se for aplicada a técnica correcta, já que ocorrem excepcionalmente falhas como consequência de uma recanalização espontânea dos canais deferentes. Contudo, o resultado ...

O homem que pensa submeter-se a uma vasectomia deve pedir um aconselhamento adequado e reflectir bem nessa decisão. A verdade é que alguns homens mudam de opinião ao fim de algum tempo, após se terem submetido esterilização, Inclusivamente ...

A vasectomia baseia-se no bloqueio do trajeclo que os espermatozóides seguem desde os testículos para chegar até à uretra e passar a fazer parte do sémen, requisito básico para que a ejaculação seja fecundadora. Esse bloqueio realiza-se ...

A intervenção realiza-se com anestesia local em regime ambulatório, dado que não exige hospitalização. Após injectar a zona com um analgésico. _1 Primeiro faz-se uma incisão num lado do escroto. _2 Entretanto corta-se até chegar ao ...

~ Esterilização masculina ~