Guia da Gravidez

Esterilidade


A esterilidade, ou a incapacidade para conceber filhos, é um problema muito comum: pelo menos, um em cada dez casais encontra-se nesta situação. As suas causas são numerosas, tanto na mulher como no homem, e muitas vezes difíceis de precisar, ainda que os avanços no processo de diagnóstico permitam estabelecer a origem exacta na grande maioria dos casos. Também são vários os recursos terapêuticos disponíveis hoje em dia para tentar solucionar os factores responsáveis e inclusive foram desenvolvidas técnicas de reprodução assistida que são úteis para um grande número de pessoas.

O registo diário da temperatura corporal em condições de repouso, antes de se levantar, ao longo de vários ciclos menstruais, é o método mais simples para investigar se se produzem ovulações normais ou não. A temperatura corporal basal ...

O primeiro passo consiste em investigar se a mulher tem ovulações normais, para o que e costume recorrer-se ao registo da temperatura basal durante vários meses consecutivos. Se se determina que a mulher não apresenta ovulações, a ...

O teste fundamental para o estudo da esterilidade no homem é o espermograrna, uma análise completa em laboratório de uma amostra de esperma obtida mediante masturbação. Este teste permite, por um lado, avaliar a função dos órgãos ...

O estudo inicia-se com um minucioso interrogatório por parte do especialista, durante o qual se estabelece as características específicas do caso e se investiga os antecedentes médicos de cada um dos membros do casal, dados que em certas ...

Nem todos os casos de esterilidade podem ser corrigidos mediante os diversos procedimentos terapêuticos disponíveis. Isto, no entanto, não significa necessariamente que o casal afectado deva resignar-se e renunciar a ter filhos, uma vez que ...

~ Esterilidade ~

0.56