Guia da Gravidez

Dispositivo intra-uterino (DIU)


O DIU, sigla do dispositivo intra-uterino, também conhecido como espiral, é um pequeno aparelho de plástico flexível do qual há uma ampla variedade de modelos e regra geral provido de um filamento de cobre que, colocado de maneira semiperrmanente no interior do útero pelo médico, permite evitar a gravidez até ao momento da sua remoção ao fim de três ou cinco anos. Trata-se de um método contraceptivo
cómodo e muito eficaz, dado que apresenta um reduzido índice de fracassos relacionados com uma má colocação e, sobretudo, com a falta dos devidos controlos.

1. Abre-se o canal cervical puxando o colo do útero até baixo com uma pinça. 2. Mede-se a cavidade uterina com um aparelho especial chamado de histerómetro. 3. Introduz-se no útero o tubo que contém o DIU no seu interior. 4. Coloca-se o ...

Apesar de o DIU não dever gerar problemas, por vezes, pode causar efeitos secundários desagradáveis ou causar determinado tipo de complicações. A presença do dispositivo dentro do útero está muitas vezes associada a menstruações mais ...

Existem diversos modelos de DIU, fabricados em diferentes materiais plásticos e com diferentes modelos: em forma de asa, de anel, de espiral, de 7 ou de T. Os últimos são os mais utilizados actualmente e têm um filamento de cobre enrolado no ...

O DIU só pode ser implantado durante um período limitado de três a cinco anos segundo o modelo, após o qual se remove. Contudo, há algumas circunstâncias que obrigam a antecipar a sua remoção e, para além disso, é preciso certificar-se ...

~ Dispositivo intra-uterino (DIU) ~