Guia da Gravidez

Diagnóstico pré-natal


Fala-se de diagnóstico pré-natal para
designar o conjunto de técnicas usadas
para detectar a existência de defeitos
fetais ou malformações congénitas no
decurso da gestação. Embora alguns
destes exames se incluam nos que podem ser indicados para qualquer gestante, o mais normal é que se apliquem nas gestações de risco que apresentam um diagnóstico suspeito.

Quando se diagnostica uma alteração congénita no decurso da gravidez, a utilidade da descoberta varia segundo o tipo de defeito. Nalgumas ocasiões, é possível realizar imediatamente um tratamento eficaz. Noutros casos, não é possível ...

O aperfeiçoamento dos métodos diagnósticos pré-natais e os avanços no campo da cirurgia permitem realizar intervenções cirúrgicas no organismo do feto, dentro do útero, com a finalidade de resolver algumas situações críticas que ...

Outro procedimento, efectuado a partir da 18 a semana de gestação, é a funicuíocentese ou cordocentese: a obtenção de uma amostra de sangue umbilical através do abdómen da gestante. A amostra permite realizar estudos ...

Outro exame realizado com a mesma finalidade, a partir da décima semana de gestação, é a biopsia das vilosidades coriónicas: a obtenção de uma amostra do tecido que dá origem à formação da placenta, ora por via vaginal, ora mediante ...

As técnicas de diagnóstico pré-natal permitem detectar a maioria das alterações congénitas. De facto, considera-se que, se se recorresse aos diversos procedimentos perante qualquer suspeita, poderiam ser detectados durante a gravidez 80 % ...

~ Diagnóstico pré-natal ~