Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

O diagnóstico da hiperemese gravídica estabelece-se perante as manifestações típicas deste transtorno na gestação após descartar, mediante uma exploração física e exames complementares e oportunos, a existência de patologias que também possam causar vómitos intensos, como gastroenterite, colecistite, infecções urinárias, etc. Para avaliar as repercussões sobre o metabolismo orgânico e o equilíbrio hidrossalino, com a finalidade de orientar a atitude terapêutica, procede-se a uma avaliação do estado físico da paciente e são pedidas análises de sangue e de urina. Também é feito um estudo ecográfico e os exames que forem considerados oportunos para verificar a evolução da gravidez e avaliar o estado do embrião ou feto.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Diagnóstico ~