Guia da Gravidez

Descolamento prematuro da placenta


Esta complicação da gravidez também conhecida como “placenta abrupta” consisto no descolamento da
placenta do seu local de implantação na parede uterina antes do tempo em que tal deveria suceder, ou seja da
última fase do parto. Pode ocorrer nas semanas anteriores a data prevista para o parto, ou a qualquer momento durante o terceiro trimestre de gestação, e constitui uma urgência obstétrica, por causar uma hemorragia que coloca em risco a vida do feio e da mãe. É uma situação realmente frequente, surgindo uma para cada 250 gestações que chegam ao termo.

O procedimento terapêutico que se adopta em cada caso depende do estado do feto e da mãe, pelo que só pode determinar-se depois de levar a cabo uma oportuna avaliação diagnostica. Quando o descolamento é limitado, se a hemorragia ...

O controlo clínico de rotina da gravidez, o aperfeiçoamento dos métodos de diagnóstico e os avanços das técnicas terapêuticas têm permitido reduzir drasticamente a gravidade do descolamento prematuro da placenta, mas, ainda assim, esta ...

Todo o descolamento prematuro da placenta representa um perigo para o feto e para a mãe. No que respeita ao feto, deve ter-se em conta que o descolamento da placenta implica uma diminuição da área de intercâmbio através da qual se nutre e ...

Se bem que seja difícil de se suspeitar desta complicação quando não olá lugar a uma hemorragia externa, estabelece-se sempre uma presunção diagnostica perante qualquer sangramento vaginal no último trimestre da gravidez. A confirmação ...

A intensidade de uma hemorragia vaginal provocada por um descolamento prematuro da placenta não tem uma relação directa com a gravidade do problema. Por isso, perante qualquer sangramento pela vagina no último trimestre da gravidez, ainda ...

~ Descolamento prematuro da placenta ~