Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Todos os produtos contraceptivos hormonais, sem excepção, provocam efeitos secundários, e para além disso não podem ser utilizados por todas as mulheres, já que têm diversas contra-indicações. Por isso, a utilização deste tipo de contraceptivos exige um controlo médico prévio que inclui um exame físico geral, exame ginecológico, medição da pressão arterial e análises sanguíneas, ainda que às vezes seja necessário exames complementares. Depois do começo do tratamento contraceptivo, também devem ser feitos controlos periódicos para poder garantir que os produtos hormonais usados não provocam efeitos adversos capazes de pôr em perigo a saúde da mulher. A frequência desses controlos deve ser estipulada de forma individual, segundo o produto utilizado e as características da mulher.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Controlos médicos ~