Guia da Gravidez
Consequências da incompatibilidade
PUBLICIDADE

Quando os anticorpos anti-Rh presentes no organismo da mulher previamente sensibilizada chegam até ao organismo de um feto Rh+, atacam os glóbulos vermelhos fetais e destroem-nos, em menor ou maior proporção segundo o caso. Há casos em que uma maior actividade da medula óssea fetal compensa a perda de glóbulos
vermelhos e resolve o problema. No entanto, quando a destruição dos glóbulos vermelhos é intensa, o feto sofre de uma grave anemia, que provoca uma alteração global do desenvolvimento, e inclusive pode apresentar um sério problema hemodinâmico e uma insuficiência cardíaca que nalguma ocasiões provoca a morte
intra-uterina. Às vezes, a destruição dos glóbulos vermelhos não é mortal mas provoca uns níveis excessivos de bilirrubina, um pigmento produzido a partir da degradação dos glóbulos vermelhos que o imaturo fígado
do feto não consegue metabolizar e tende a depositar-se no sistema nervoso, provocando lesões que implicam lesões neurológicas e atraso mental.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Consequências da incompatibilidade ~