Guia da Gravidez
Causas do abortamento espontâneo
PUBLICIDADE

As causas são numerosas e muito variadas, uma vez que praticamente qualquer defeito do desenvolvimento da gestação e diversos tipos de anomalias do aparelho genital ou doenças da mulher podem ocasionar uma interrupção da gravidez. O mais frequente é que a origem corresponda a uma anomalia genética ou cromossómica que impeça o normal desenvolvimento do embrião ou feto e, em última instância, provoque a sua morte. De lacto, trata-se de um mecanismo natural de interrupção do processo quando o produto da gestação é defeituoso e que em muitíssimas ocasiões ocorre em fases tão iniciais que nem sequer se chega a diagnosticar a gravidez. Outras vezes o abortamento tem uma causa materna, sendo muito variados os possíveis factores responsáveis: distúrbios endócrinos, doenças gerais graves ou crónicas, complicações de doenças infecciosas, exposição a agentes tóxicos, malformações ou patologias do útero, etc. É importante realçar que numa elevada proporção dos casos de aborto não é possível determinar uma causa evidente.

Possíveis causas do aborto espontâneo

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Causas do abortamento espontâneo ~