Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

Oitenta e cinco por cento das pessoas apresentam na superfície dos glóbulos vermelhos do sangue umas partículas, em especial o denominado antigénio D, que constituem o chamado factor Rhesus ou Rh, pelo qual se diz que são Rh positivo (RH+), enquanto que as restantes pessoas não apresentam o referido factor e considera-se Rh negativo (Rh-). A presença do antigénio D é regulada por um gene localizado no cromossoma 1 que se transmite por um mecanismo de herança dominante, pelo que, se uma mulher Rh- concebe um filho com um homem Rh+, é possível que o feto seja também Rh+. De facto, nalguns casos as probabilidades de isso acontecer é de 50 por cento em cada gravidez, enquanto que noutros casos é de 100 por cento.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Causas da incompatibilidade ~