Guia da Gravidez
Bons e maus cheiros na gravidez
PUBLICIDADE

As hormonas da gravidez costumam exacerbar os sentidos e não é estranho que, sobretudo no início da gravidez, façam com
que se intensifiquem algumas percepções. Por isso, é relativamente habitual que entre as primeiras manifestações da gestação se destaque uma particular sensibilidade a certos cheiros, o que se traduz, por vezes, numa especial predilecção por determinadas fragrâncias ou pelo aroma de algumas comidas e, outras vezes, ao contrário, numa profunda aversão por cheiros como o do fumo do tabaco ou dos fritos. Também neste caso não há nada que verdadeiramente se possa fazer para reduzir esta peculiar intensificação dos sentidos, pelo que basta evitar a exposição aos cheiros que, em cada caso particular, sejam mais desagradáveis.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Bons e maus cheiros na gravidez ~