Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

O crescimento do útero comprime os órgãos a válvula abdominais e desloca o estômago para cima, o que implica uma falha na actividade do esfíncter da cárdia, a válvula que impede a passagem das secreções gástricas para o esófago: por isso é ião comum que a grávida sofra pirose, denominação técnica de ardência no estômago, uma sensação de ardor que sobe pelo peito em direcção à garganta.

O útero desloca o estômago dificultando a função do esfíncter da cárdia, a válvula que impede o refluxo gástrico, o que provoca sensação de ardor.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Ardor no estômago ~