Guia da Gravidez
PUBLICIDADE

A água é o constituinte maioritário da matéria viva e também o principal componente do sangue, o meio que permite as trocas entre o organismo da mãe e o embrião ou o feto. Por isto, a mulher grávida deve assegurar um adequado consumo hídrico de pelo menos 1,5 litros de água por dia, embora possa beber tanta quanta deseje. O mais importante é que o consumo de líquidos não seja inferior às necessidades, a menos que isso seja indicado pelo médico, devido à existência de algum problema específico, como por exemplo um problema renal. Trata-se, no entanto, de situações muito pouco habituais e perante as quais o médico proporcionará as devidas instruções.

O corpo obtém água da alimentação e do metabolismo, enquanto a perde através de diversas vias. É importante garantir um adequado balanço entre ganhos e perdas, para que o organismo possa funcionar com normalidade.

Ainda sem comentários!

Deixe um comentário

O seu email não será publicado.
Campos obrigatório estão identificados *
~ Água ~